4 de ago de 2013

Querido ex







         Querido ex-seja lá o que fomos
Como você está? Bem, eu vou levando a vida, melhor que imaginava. Sabe, quando você disse que deveríamos dar um tempo, meu mundo meio que caiu. Fiz tudo que uma garota faria em minhas condições. Fui vivendo um dia após o outro. Quando percebi, estava bem. Pensava em você como uma página do meu passado que dava um sentimento gostoso. Mas a verdade é que nosso fim teve gosto amargo.
Conheci um cara que tratou-me do jeito que sempre ser tratada. Ele foi carinhoso, atencioso, companheiro. Sabe o que foi mais estranho? Em momento nenhum desejei que fosse você.
Não posso dizer que lhe superei, esse tipo de sentimento que nunca se supera. Eu juro que tentei te dar o meu melhor. Ainda não sei onde nos perdemos e tudo deu errado. Eu nunca serei a garota que te enlouquece só com um sorriso e você nunca será aquele que me tem nas mãos. Seu perfume nunca estará impregnado em minhas roupas e eu não serei aquela que tem o dom de te fazer sorrir só com um olhar. Temos que encarar os fatos, somos ilusões do passado. Devamos deixar o que vivemos para trás e começarmos algo novo.
Você ensinou-me lições valiosas. Uma delas é que não devo dar muito para quem merece pouco. Aprendi a amar-me mais, a me por no topo das minhas prioridades. Antes de você, tinha esquecido um pouco de mim.
Você foi um dos melhores amigos que já tive, de verdade. E eu espero que seja feliz, como queria fazer-me feliz. Nossos caminhos cruzaram-se sete meses atrás, mas está na hora de descruzá-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Apesar de Você- Julia Calvacante - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tamires PereiraSakurart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo