9 de mar de 2013

Aos vinte






Rasguei as nossas fotos, doei aquele vestido vermelho que você tanto gostava, mudei de apartamento, bairro, cidade. Conheci novos lugares, novas pessoas, uma nova eu. Mudei tanto desde que você se foi..
     Eu era boba, acreditava em contos de fada e queria um amor desses de filme. Mas essa é a vida real, não há príncipes e não sou uma princesa. Eu finalmente cresci.
     Perdi os quilos que tanto queria perder, estou terminando a pós-graduação que tanto queria fazer. Sabe aquela lista que fizemos, de coisas que queríamos fazer antes de morrermos? Já fiz quase tudo, até mesmo a tatuagem. Tem um âncora em meu pulso esquerdo.
     Ah, querido, tantas coisas mudaram... Lembra dos planos loucos que fizemos? Casaríamos em Noronha, vistaríamos a Tailândia, Bali, Malásia... Tudo é tão bonito aos vinte, mas eu já tenho quase trinta.
    Depois de você, estive com outros. Vivi amores de uma noite, um mês e um ano. Achei, então, alguém que resgatou aqueles sentimentos que senti por você. As pernas bambas, as borboletas no estomago, o sorriso bobo. Era como se tivesse pego uma maquina do tempo e voltado à adolescência.
    Ele é o motivo de escrevê-lo. Casamos próxima semana. Ele me faz feliz tanto, ou até mais, que você me fez. Espero que tenha encontrado ou encontre alguém assim.
    Eu te amo.


2 comentários:

© Apesar de Você- Julia Calvacante - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tamires PereiraSakurart.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo